HOME Serviços LOJA ENCOP ORÇAMENTO Empresa
HOME
Serviços
LOJA ENCOP
ORÇAMENTO
Empresa
Pragas
ARANHAS
BARATAS
CUPINS
ESCORPIÕES
FORMIGAS
MORCEGOS
MOSCAS
PULGAS
TRAÇAS
RATOS
PRAGAS DE JARDIM
Tire sua Dúvida
Equipamentos
Inseticidas
Métodos
Contato
                  Como Matar Baratas

          Inseticida

          São eficazes e práticos de usar, quando se deseja mortalidade rápida. Devem ser usados, não somente os inseticidas recomendados oficialmente para uso doméstico, como também as formulações apropriadas para uso domiciliar. Ainda assim, são necessários cuidados especiais, pois todos os produtos, em maior ou menor escala, são tóxicos. Tratamentos gerais, em larga escala, devem ser realizados por pessoal especialmente treinado.

          Recomenda-se um tratamento incicial muito bem feito, geral, que abrange todos os locais onde se criam e se escondem as baratas e, depois, tratamentos de manutenção, que podem abranger apenas alguns trechos das residências, realizados a intervalos que variam segundo o local, época do ano etc.

          Os aerossóis de piretrinas são comumente usados para desalojar as baratas. As piretrinas são também incorporadas a outros inseticidas para aumentar a eficiência do tratamento.

          As formulações existentes no comércio são: pó seco; formulações para pulverizações residuais ( para uso profissional); aerossóis; soluções de uso doméstico; iscas granuladas; Os pós dessecantes aparecem no comércio de poucos países. Produtos para nebulização e para ultrabaixo volume estão fora de cogitação; não devem e não podem ser usados por leigos.

         
Controle

       Em condições normais, o controle de baratas pode ser tarefa fácil: um inseticida e outras medidas adequadas poderão manter o ambiente livre delas até por um bom período. Por outro lado, há áreas de difícil ou de controle impossível.

          Medidas de higiene: manter a casa limpa; incinerar ou recolher lixo com freqüência; uso de latas de lixo herméticas; manter os terrenos ao redor das residências capinados e, principalmente, sem lixo.

          Eliminação de esconderijos:devem-se cimentar ou rebocar as frestas e vãos existentes embaixo da pia, nos rodapés e batentes, tanto da cozinha, como da despensa, geralmente os lugares que mais criam baratas numa residência. A eliminação das frestas possibilita menos baratas e um melhor e mais fácil controle químico. Havendo menos baratas, menor é a possibilidade de presença de aranhas e escorpiões.

          Conservação dos alimentos fora do alcance das baratas: medida realmente difícil e, com freqüência, de execução impossível. Apesar de seu valor, pode ser deixada de lado, quando as outras 3 medidas são bem executadas.

          Inseticidas: este item é muito importante, sendo, com freqüência o principal

        DANOS CAUSADOS PELAS BARATAS
       
As baratas domésticas causam danos devido a;
        a) ingestão de alimentos;
        b) depreciação dos alimentos; presença de granulos fecais e de odor
        conhecido como "cheiro de barata
        c)danos aos livros, roupas e documentos;
        d) susto ou medo causado a muitas pessoas;
        e)sensação de asco;
        f)transmissão de germes causadores de doenças;

        Com relação ao item a, os prejuizos não são significantes devido à pequena quantidade de alimento ingerido.
        Os itens b e c são, pelo contrário, importantes: embora as baratas prefiram comer cereais e substâncias açucaradas, muitas outras coisas são também ingeridas. Como gostam de cola usada na encadernação enas lombadas dos livros, estes podem ser roídos onde a cola foi usada. Com frequência, os livros adquirem mau aspecto devido, não somente à ação das peças bucais do inseto, como também pela presença de manchas escuras causadas pelas fezes e pela deposição de ootecas. Documentos e roupas são também danificados. As roupas podem ser roídas, principalmente as das crianças.
         O cheiro de barata é muito característico e conhecido de muitos; ainda que os insetos, as manchas e os grânulos fecais não sejam vistos pode-se perceber a presença de baratas pelo odor desagradável deixado sobre os alimentos ou utensílios.
         A barata descarrega em locais por onde anda secreções oriundas de glândulas localizadas no abdome, responsáveis pelo odor nauseabundo já referido.
         O mau cheiro e os grânulos fecais podem inutilizar ou, pelo menos, depreciar os alimentos, especialmente as farinhas.
         Com relação aos itens d e e, é muito conhecida a aversão das pessoas à simples presença de baratas; outras têm medo ou assustam-se facilmente.
         O último item f é bem importante: acredita-se que as baratas, depois da mosca doméstica, sejam os insetos que mais facilmente transportam germes de doenças de um local para o outro. Isso nada tem de surpreendente, pois as baratas entram em canos de esgoto, latrinas, fossas negras, depósitos de lixo etc. e depois vão ter aos alimentos do homem. Assim, embora as baratas não sejam parasitas, devem sofrer intenso combate por ocasião do aparecimento de certas doenças, cujos agentes podem ser por elas disseminados.Não é raro, baratas roer os lábios no canto da boca, principalmente de crianças, ocasionando uma erupção conhecida como herpes blattae
          As baratas e as moscas dométicas são um perigo potencial à saúde do homem pelo fato de se alimentarem tanto de fezes humanas, como dos alimentos do homem. As baratas podem transportar cerca de 40 bactérias patogênicas diferentes; destas pelo menos 25 espécies são Enterobacteriaceae, organismos responsáveis por gastrenterites no homem. 
 

ABRIGOS

- Caixas de telefonia e eletricidade;
- Forros e sótãos;
- Garagens, depósitos, lavanderias e áreas de serviço;
- Caixas de inspeção, esgoto;
- Base dos guarda-roupas e maleiros;
- Armários e gabinetes em cozinhas e sanitários;
- Rede hidráulica (pias e sanitários);
- Materiais acumulados;
- Jardins e canteiros;

PREVENÇÃO

- Utilização de ralos protetores;
- Evitar acúmulo de materiais;
- Manter jardins e canteiros conservados;
- Inspecionar a entrada de materiais;
- Manter limpo os ambientes.

          As baratas apresentam importância econômica, doméstica, médica, ecológica e na pesquisa científica. A importância agrícola é insignificante, já que grandes populações podem roer raízes de algumas plantas comprometendo a absorção de água.
         Para prevenir infestações de baratas é preciso evitar o acúmulo de sujeira e resíduos alimentares pela casa para se obter o controle desta praga. Assim, é aconselhável sempre embalar a comida e manter limpos os cômodos, principalmente a cozinha e a dispensa de alimento. Isso reduz a presença de fezes e fragmentos da exúvias (mudas), que podem causar reações alérgicas se inaladas. Além disso, alimentos expostos, embalagens furadas e migalhas espalhadas pelo chão podem atrair baratas, bem como outros animais sinantrópicos. Para o controle químico desta praga consultar uma dedetizadora devidamente licenciada.

 

          Alguns dos seres que se associam as baratas

 

          Bacteróides: partículas intracelulares, semelhantes a bactérias, têm sido encontradas no tecido adiposo, dentro de ovos e embriões de várias baratas. Acredita-se ( não há provas) que as baratas e os bacteróides formam uma associação mutuamente benéfica.

           Protozoários: é provável que, com poucas exceções, os protozoários encontrados no tubo digestivo não sejam necessários para a sobrevivência das baratas ( as que vivem de madeira necessitam de protozoários intestinais para a sua sobrevivência ). Estes utilizam como alimento a madeira ingerida pela barata: elaboram uma celulase que desdobra a madeira em compostos que a barata pode utilizar.

          Vírus: o vírus da poliomielite é encontrado em Blattella germânica, Periplaneta americana e P. brunnea.

          Bactérias: baratas diversas, também as domésticas, podem ter consigo diferentes espécies de Micrococcus, de Salmonella, de Bacillus e de outros gêneros, incluindo diversos causadores de doenças dos vertebrados. Também o gênero Mycobacterium é representado por vários espécies, uma delas M. leprae, causador do mal de Hansen (lepra).

          Fungos: muitos fungos são encontrados nas baratas.

          Vermes: dentre uma porção, estão o Ancylostoma duodenale e Necator americanus ( ambos em Periplaneta americana), causadores da ancilostomíase (amarelão). O verme Trichiurus trichiura é encontrado em Blattela germânica, Periplaneta americana e outras.


          Disseminação

 

          Principais meios:

          Carros e caminhões: levam as baratas de um local para os outros. Os caminhões que transportam mudanças ( móveis, principalmente) e gêneros alimentícios são importante meio de dispersão desses insetos..

          Navios: levam as baratas domésticas, de seus centros de oerigem, para as outras partes do mundo. Muitas espécies não domésticas são levadas da América Tropical para outras partes do mundo em cargas de banana.Até hoje, como regra, os navios estão continuamente infestados de baratas, principalmente pelas domésticas.

          Aviões: o transporte aéreo, interno e externo, tem servido como meio de dispersão. As são encontradas na bagagem dos compartimentos e nas  cozinhas dos aviões. No Brasil, como em outros países, tem sido constatada a presença de baratas em aviões vindo do exterior.

 

        Sobre as Baratas

         
A ordem Dictyoptera, também chamada Blattodea e Blattariae por alguns autores, abrange as baratas. Entre estas, há as que têm denominações particulares. Têm, como regra, corpo achatado e largo. As adultas, com exceções, possuem asas bem  desenvolvidas; as anteriores são muito características, denominadas tégminas, mas as posteriores são membranosas, comuns.

          Há mais de 3500 espécies de baratas no mundo todo. Com hábitos domissanitários, há cerca de 35.

          A associação das baratas com as residências e outras construções ( armazéns, silos, depósitos etc) varia muito. Algumas vivem somente fora de construções e nunca são encontradas fora delas; outras vivem e criam-se dentro de construções humanas e, muita raramente, são encontradas no ambiente natural. Entre esses dois extremos, há espécies com associação em diferentes graus.

           Dentre os vários fatores que devem ter favorecido a adaptação de algumas espécies aos domicílios humanos, devem estar o aquecimento    ( em países de inverno bem frio), a geral falta de predadores nas construções e as casas rústicas com fendas nas paredes.

 

        Barata alemã

          Classe: Insecta
          Ordem:
Dictyoptera
          Família: Blattidae
          Nome científico: Blattella germanica
          Nome vulgar: Barata alemã de cozinha


         
A barata alemã possui altíssima taxa reprodutiva sendo a espécie de maior freqüência nas cozinhas. É um inseto pequeno com comprimento aproximado de 1,5 cm e apresenta duas faixas longitudinais mais escuras no escudo protetor da cabeça. Por sua vez, a barata oriental, bastante comum no Brasil, caracteriza-se por não voar devido ao reduzido tamanho das suas asas. Têm coloração marrom escuro e os machos medem cerca de 3 a 4 cm de comprimento enquanto as fêmeas por volta de 2 a 3 cm. No Brasil, outras baratas domésticas também podem viver e reproduzir-se junto ao ambiente urbano, entretanto com menor freqüência ou em regiões específicas do País.
          A presença dessas pragas no ambiente doméstico pode ser determinada pela observação do animal ou por meio das fezes, ovos ou pelo cheiro que exalam. Estima-se que num ambiente infestado com a espécie Blatella germanica (barata alemãzinha) existam aproximadamente 1.000 indivíduos no local. Por isso, a prevenção é a melhor maneira de evitar infestações.

        Barata americana

          Ordem: Dictyoptera
          Família: Blattidae
          Nome científico: Periplaneta americana
          Nome vulgar: Barata de esgoto, cascuda

          Essas baratas são de coloração marrom, e em sua forma jovem, são um tom de marrom pálido. Dentro das casas, estas pragas geralmente pode ser encontrada nas cozinhas e banheiros, e ao ar livre encontra-se geralmente ao redor da casa. Embora se mova normalmente pelo chão e paredes, esta espécie de barata pode voar distâncias curtas, em especial durante o tempo morno. O fato de voar das baratas esta intimamente ligado ao período de acasalamento reprodução, geralmente ocorrendo durante o verão.           

HOME | Serviços | LOJA ENCOP | ORÇAMENTO | Empresa
Site Map